Notícias

VEREADOR APOLIANO DO PROJETO DOM ESTUDA FISCALIZA A UTILIZAÇÃO DOS PATRIMÔNIOS PÚBLICOS MUNICIPAIS

Com o objetivo de garantir a realização de novos projetos, em prol da população varginhense, e com o intuito de acompanhar o crescimento da cidade e oferecer os mesmos direitos e oportunidades a todos os cidadãos, o vereador Apoliano do Projeto Dom solicitou à Prefeitura de Varginha a listagem dos patrimônios públicos municipais – a quantidade de quadras poliesportivas, Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Programa Saúde da Família (PSF), praças públicas, campos de futebol e parques, bem como seus respectivos endereços. “Todos os itens da referida lista são essenciais para a manutenção da saúde e vida coletiva. As quadras e praças proporcionam o convívio em comunidade e estimulam a interação grupal, além de contribuir para o bem-estar e saúde de todos os que não possuem condições salariais de frequentar um espaço privado para lazer e pratica de atividades físicas”, destaca Apoliano.
 
De acordo com o propositor, a lei diz que novos projetos apenas serão iniciados se os que se encontram em andamento estejam sendo adequadamente atendidos e contemplados com as despesas e conservação do local. “Desse modo, com todo o monitoramento necessário, nenhum espaço será inutilizado, cumprindo com seus propósitos de atender, plenamente, a todos os usuários de maneira eficiente e efetiva.”, finaliza o vereador.

VEREADORES PARTICIPAM DE EVENTO DE LANÇAMENTO DA PEDRA FUNDAMENTAL DA MARELLI EM VARGINHA

Os vereadores Bebeto do Posto, Cabo Valério, Carlinho da Padaria, Dudu Ottoni, Reginaldo Tristão e Professor Rodrigo Naves participaram, na manhã de hoje (21), da cerimônia de lançamento da Pedra Fundamental da instalação da divisão Aftermarket do Grupo Marelli, em Varginha. A empresa ficará em um galpão que será construído em parceria com a Hedge Investments e o Porto Seco Sul de Minas, no condomínio Citlog. O investimento que as três empresas estão fazendo é na ordem de R$ 300 milhões e conta com o apoio do Governo do Estado, por meio do InvestMinas e da Prefeitura Municipal.
 
A empresa ocupará cerca de 25% do galpão de 83.000 m². Em seu discurso, o presidente do Porto Seco do Sul de Minas, Cleber Marques de Paiva, agradeceu ao poder público pelo apoio e à Câmara pela aprovação de todos os projetos importantes para o desenvolvimento de Varginha.
 
Representando a Câmara, o vice-presidente da Casa, vereador Professor Rodrigo Naves, em sua fala, agradeceu aos empreendedores por terem olhos para nossa cidade. "Varginha é uma cidade boa para se investir. Temos um poder público competente e empresários visionários. É uma cidade que abraça o futuro e, por isso, nos sentimos gratos pelos investimentos que têm sido feitos e ainda serão feitos trazendo progresso para o Município e emprego e renda para nossa população. Muito obrigado a todos", disse Rodrigo Naves.
 
A expectativa é de geração de milhares de empregos diretos e indiretos durante o período de construção e, posteriormente, após o início das operações industriais e logísticas.

VEREADOR CRISTOVÃO COBRA REGULARIDADE NO FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA

Moradores do Bairro São Miguel Arcanjo e região têm relatado frequente falta de energia, problema que vem causando transtornos e prejuízos ao bolso da população. O fornecimento irregular se arrasta há mais de um ano e, reforçando o requerimento entregue ano passado, que até então não foi atendido, o vereador Cristovão solicitou, novamente em sessão da Câmara de Varginha, a atenção do poder público e da Companhia Energética de Minas Gerais – Cemig, para que a situação de normalize o mais breve possível. “A população paga pelo serviço que não é entregue com qualidade, o que fere com os direitos do consumidor e cidadão. É obrigação da empresa contratada entregar o produto nos devidos conformes e solucionar qualquer problema, de maneira imediata, para que o consumidor não saia prejudicado”, aponta Cristovão.
 
De acordo com o vereador, a falta de energia elétrica ocorre principalmente nos horários de maior utilização e nos dias de chuva. “Os munícipes relatam que basta o tempo fechar pra chuva que a metade do bairro já fica sem energia, principalmente na Rua Genésio dos Santos e Avenida Maria Cristiano Piva”, explica o vereador. Com o intuito de resolver o problema da comunidade, Cristovão solicitou, através do requerimento entregue aos órgãos competentes, previsão de solução para problema apresentado, bem como a lista de serviços que precisam ser realizados para saná-lo e a carga de energia necessária para atender o bairro com eficiência.
 

VEREADOR CABO VALÉRIO BUSCA ALTERNATIVAS PARA CUSTEAMENTO DO TRANSPORTE ESCOLAR

Preocupado em manter o direito ao transporte escolar gratuito dos alunos das escolas públicas do Município, o vereador Cabo Valério tenta buscar soluções para o conflito de interesse existente entre empresa privada e poder público. Em requerimento apresentado na Câmara de Varginha, o vereador realizou alguns questionamentos sobre os custos do transporte escolar. De acordo com Cabo Valério, é possível encontrar alternativas. “Podemos, ao invés de utilizar o dinheiro da população para pagar as passagens dos estudantes, utilizar o subsídio do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação) para custear parte do transporte escolar, senão ele todo, uma vez que a verba destinada é para esse fim. Dessa forma, a empresa atuante não se prejudica, nem os estudantes ou os cofres públicos”, aponta o vereador.
 
Os recursos oriundos do Fundeb são destinados/distribuídos aos Estados, Distrito Federal e Municípios, para o financiamento de ações de manutenção e desenvolvimento da educação básica pública. “Então, para atender melhor a todos os lados, acredito que uma das saídas seja fazer o remanejamento parcial do subsídio fornecido pelo Fundo Nacional, para disponibilizar o transporte gratuito e de qualidade aos alunos da rede pública”, pontua o vereador. No requerimento entregue ao Poder Executivo, o vereador questiona a quantidade de alunos que estão cadastrados para receber o cartão escolar gratuito, bem como o custo do transporte por aluno.

CÂMARA SÊNIOR FALA DOS DESAFIOS DO ENVELHECIMENTO

               

 

Nesta quarta-feira (15), o segundo encontro do Câmara Sênior tratou de um tema pouco abordado na sociedade, mas que todos enfrentarão algum dia – se já não estão enfrentando, “O Envelhecimento e as Dificuldades Atreladas a essa Condição”. A oficina dessa semana foi conduzida pela farmacêutica e responsável pelo Serviço de Referência à Saúde da Pessoa Idosa de Varginha, Karen Evelyn Alves Rabello que orientou e sensibilizou as participantes sobre a etapa da vida em que se encontram. “O período é marcado por várias alterações, igual a qualquer salto anterior – criança adolescência, fase adulta. O que muitos não entendem é que esse não é o fim, mas o recomeço. As mudanças não devem ser vistas como obstáculos, mas como motivação,” destacou Karen. 

Entre os assuntos trabalhados estavam, a aceitação, aumento da individualidade, o recomeço, comportamento sexual, o fim da vida e a viuvez. De acordo com a profissional, a maior dificuldade apresentada é a perda do(a) companheiro(a) de vida. “Nessa fase todo apoio é bem vindo. Perder a pessoa, que esteve ao seu lado grande parte da vida, traz a sensação de solidão, por isso é importante se agarrar ainda mais no recomeço, a inserção de novos hábitos e rotinas auxiliam no processo”, finaliza a farmacêutica.

Os encontros da Câmara Sênior ocorrem todas as quartas-feiras, sempre trabalhando um tema diferente e de impacto na vida dessa parcela da população, a fim de levar conhecimento e auxílio aos participantes. A iniciativa do projeto é da Escola do Legislativo da Câmara Municipal de Varginha.

VEREADORA ZILDA SILVA COBRA RETOMADA DAS LINHAS DE ÔNIBUS RURAIS

Há um ano a presidente da Câmara Municipal de Varginha, vereadora Zilda Silva, apresentou uma indicação solicitando o retorno dos ônibus que transportavam, pelo menos duas vezes por semana, os moradores das regiões rurais para o centro urbano. De acordo com a propositora, sem o transporte público as comunidades dos bairros Posses, Martins, Ribeirão da Cava, Fazenda Santa Cruz, Fazenda Bom Jardim e Fazenda Remanso e a Fazenda dos Mascatinhos ficam desamparadas. “Para a grande maioria dos residentes dessas localidades, esse era o único meio de transporte para a área urbana, seja para buscar atendimento médico, seja para fazer compras, entre outras necessidades particulares”, afirmou Zilda.

Para atender às referidas regiões, são necessárias, pelo menos, duas linhas do transporte coletivo. Uma para atender a região da Fazenda dos Mascatinhos e outra para as demais localidades. “Diante dos transtornos enfrentados pelos munícipes, com a interrupção do referido transporte, venho, através da presente indicação, solicitar informações sobre a retomada das linhas de ônibus que passam nesses locais, a fim de garantir o direito dos munícipes.”, finaliza a vereadora.

VEREADOR PROFESSOR RODRIGO NAVES COBRA INFORMAÇÕES SOBRE RECURSOS FINANCEIROS DO PROGRAMA ESTADUAL DE CONSERVAÇÃO DA ÁGUA

Preocupado com a preservação e conservação das águas do Rio Verde, cujo trecho percorre o município de Varginha e com a manutenção do habitat que o circunda, o vereador Professor Rodrigo Naves foi atrás de informações a respeito do recebimento dos recursos financeiros, garantido através da Lei Estadual n.° 12.503/1997, que tem origem através do Programa Estadual de Conservação da Água, de Minas Gerais.

O Programa Estadual tem a finalidade de proteger e preservar os recursos naturais das bacias hidrográficas sujeitas à exploração para o abastecimento público ou para geração de energia elétrica. A lei prevê o investimento mínimo, por parte das empresas concessionárias de serviços de abastecimento de água e de geração de energia elétrica, públicas e privadas, de meio por cento do valor total da receita operacional, destinado à proteção e preservação ambiental do em torno da bacia hidrográfica utilizada. “Preservar o meio ambiente é fundamental, afinal, é nele onde estão os recursos naturais necessários para a nossa sobrevivência, como água, alimentos e matérias-primas. Sem esses recursos, todas as formas de vida do planeta poderão acabar.”, pontua Professor Rodrigo.

 Diante do exposto, o vereador propositor, através do requerimento entregue à prefeitura e à Copasa, busca verificar a aplicabilidade da referida lei em nosso Município, bem como dar um respaldo à população interessada. 

Subcategorias

Subcategorias

 

Sessões Plenárias

Veja antecipadamente os assuntos abordados:

Pauta das Sessões
 

Assista também através de nossos canais:

Transmissão das Sessões

Expediente

Nossa equipe está disponível de segunda à sexta,
das 8h às 18h para auxiliá-lo(a).

- Pça. Governador Benedito Valadares, n°11, Centro
  37002-020, Varginha - MG

- 35 3219 4757

 

Perguntas Frequentes

JoomShaper