PROGRAMA DE HORTA COMUNITÁRIA É APROVADO NA CÂMARA DE VARGINHA

Projeto de Lei é de autoria do vereador Dudu Ottoni e prevê o aproveitamento sustentável de espaços ociosos no Município

 

Varginha agora conta com o Programa Horta Comunitária, fruto do Projeto de Lei nº 84/2018, de autoria do presidente da Câmara, vereador Dudu Ottoni, que foi aprovado o ano passado e sancionado pelo prefeito.

De acordo com a Lei, as hortas comunitárias poderão ser instaladas em áreas públicas do município e também em espaços particulares que venham a ser cedidos temporariamente por seus proprietários para práticas de agricultura familiar ou agroecologia.

O programa prevê a ocupação de áreas urbanas para o cultivo de hortaliças, frutas, plantas medicinais, ornamentais, produção de mudas e outros alimentos.

De acordo com o autor do projeto, a iniciativa que já é realidade em diversos municípios do Brasil, é uma forma sustentável de aproveitar os espaços ociosos da cidade e estimular a população a participar desse importante instrumento de transformação social e ambiental. “Nosso objetivo é que o programa possa contribuir para promover uma melhor qualidade de vida e também a segurança alimentar da comunidade, estimulando a produção de alimentos saudáveis para o uso das famílias, das entidades assistenciais, além de poderem ser comercializados pelos produtores, ajudando a complementar a renda de muitas pessoas que estão desempregadas”, explicou Dudu Ottoni.

O vereador informou ainda, que a participação dos interessados no programa será formalizada através de convênio, quando se tratar de entidades públicas e, no caso de pessoas físicas, mediante cadastro na Secretaria Municipal de Agricultura. “Acredito que esse projeto será muito bem recebido pela população e contaremos com a participação de toda a comunidade para colocá-lo em prática”, finalizou o presidente da Câmara. 

 

AUDIÊNCIA PÚBLICA SOBRE COLETA DE RESÍDUOS ORGÂNICOS E RECICLÁVEIS BUSCA MELHORIAS PARA O SERVIÇO EM VARGINHA

A audiência pública sobre a coleta de resíduos orgânicos e recicláveis, promovida pela Câmara Municipal de Varginha, reuniu dezenas de pessoas no Plenário da Casa, na noite de ontem (21). Estiveram presentes os coletores de recicláveis, comerciantes, representantes de instituições, da sociedade civil, representantes da Copasa, da secretaria municipal do Meio Ambiente, o secretário municipal de Governo, Carlos Honório Ottoni Júnior, o presidente da Câmara, vereador Dudu Ottoni, o vereador propositor da audiência, Zacarias Piva e os vereadores, Buiú do Ônibus, Carlúcio Mecânico, Joãozinho Enfermeiro, Leonardo Ciacci e Marquinho da Cooperativa.

Durante duas horas foram feitas reclamações sobre as mudanças nos dias e na forma da coleta e as autoridades presentes fizeram suas considerações e explicações sobre o que ocorre e o que pode ser mudado. “A audiência foi proveitosa. O secretário municipal de Governo se comprometeu a levar as reclamações e sugestões ao prefeito e ao secretário de Meio Ambiente para ver o que podemos mudar. Se tem algo que não está dando certo, é preciso ser revisto e nesta audiência pudemos perceber que a população tem boas sugestões que não são muito difíceis de ser colocadas em prática”, disse o presidente da Câmara, vereador Dudu Ottoni.

O vereador propositor da audiência, Zacarias Piva agradeceu ao pedido do comerciante Adriano, que foi quem o motivou a realizar essa ação. “Foi por causa do Adriano que é proprietário de uma padaria, que hoje estamos aqui discutindo a questão do lixo e tantas outras questões que vieram à tona e muitos de nós talvez nem soubéssemos se não tivéssemos realizado essa audiência pública. Fiquei muito satisfeito com o resultado produzido na noite de hoje e espero que a Prefeitura esteja atenta aos anseios da população demonstrados aqui e possamos melhorar a prestação de serviço em Varginha”, concluiu Zacarias Piva.

Uma nova data será marcada, possivelmente no mês de junho, para voltar a discutir o assunto e analisar se houve avanços e melhorias na coleta em Varginha.

 

 

VEREADORES PARTICIPAM DE POSSE DOS NOVOS CONSELHEIROS DO CISSUL

O presidente da Câmara de Varginha, vereador Dudu Ottoni acompanhado dos vereadores Delegado Celso Ávila e Zacarias Piva, participou na tarde da última quinta-feira (21) da solenidade de posse dos novos conselheiros do Cissul – Consórcio Intermunicipal de Saúde da Macrorregião do Sul de Minas.

O evento realizado no Teatro Mestrinho do Colégio Marista reuniu dezenas de autoridades civis e militares, dentre as quais o comandante do 6º Comando Operacional dos Bombeiros, coronel Giuvaine Barbosa de Moraes, o senador Rodrigo Pacheco, o deputado federal Bilac Pinto e os deputados estaduais Dalmo Ribeiro e Dr. Paulo Valdir Ferreira.

O presidente da Câmara de Varginha, Dudu Ottoni, salientou a importância do Samu no município e região. “Sabemos que muitas vidas foram salvas devido à existência da Samu em Varginha e nas cidades da região. Um consórcio que soma forças em prol do bem maior que é a vida”, destacou. Dudu também parabenizou os novos conselheiros pela posse e o Samu pelos quatro anos de atuação no Sul de Minas.

O atual presidente do Conselho Diretor é Rodrigo Aparecido Lopes, prefeito de Andradas.

 

 

 

 

VEREADORES ACOMPANHAM INAUGURAÇÃO DE OBRAS NO CEMEI HORTÊNCIA CORINA FERREIRA

O presidente da Câmara de Varginha, vereador Dudu Ottoni, acompanhado do vereador Leonardo Ciacci, participou na manhã desta quarta-feira (20) da cerimônia de inauguração das obras realizadas no Centro de Educação Infantil – Cemei - Hortência Corina Ferreira, no bairro Catanduvas.

A solenidade contou ainda com a presença do prefeito Antônio Silva, do vice-prefeito Vérdi Lúcio Melo, secretários, professores, pais, alunos e comunidade em geral.

As melhorias realizadas incluem cobertura da quadra, parque infantil coberto e pintura do piso e das paredes da escola com brincadeiras e ilustrações educativas.

Ao fazer uso da palavra, o presidente da Câmara parabenizou todos os envolvidos nessa importante obra que trará inúmeros benefícios para toda a comunidade escolar. “É muito importante investirmos em educação e proporcionar um ambiente adequado e agradável para que nossas crianças possam crescer felizes e saudáveis é uma atitude louvável da administração pública. A Câmara de Varginha é parceira da Prefeitura em iniciativas como esta”, disse Dudu Ottoni.

O Cemei Hortência Corina Ferreira foi criado em 1938 e atende atualmente cerca de 230 alunos de quatro e cinco anos de idade. 

 

CÂMARA REALIZA AÇÕES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL E PROTEÇÃO ANIMAL

A Câmara Municipal de Varginha, atendendo a uma proposição do vereador Cláudio Abreu, desenvolverá neste ano algumas ações de educação ambiental voltadas à proteção animal. O trabalho será realizado através da Escola do Legislativo e vai contar com palestra e visitas temáticas à Câmara através do projeto “Visite a Câmara”.

A proposta de autoria do vereador tem como objetivo estimular, ensinar e conscientizar a população varginhense a respeitar outras formas de vida, alertando sobre leis que consideram crimes, os atos de crueldade e maus-tratos cometidos contra animais domésticos ou não, além de contribuir para a formação de uma população mais atuante, consciente e solidária.

De acordo com o vereador, é responsabilidade do poder público promover a educação ambiental em todos os níveis de ensino e a conscientização pública para a preservação do meio ambiente. “Temos que difundir os instrumentos legais que protegem os direitos dos animais, bem como conscientizar a população acerca destes direitos. Devemos retratar a triste realidade animal, as formas de maus-tratos e crueldade cometidas contra esses seres vivos, como forma de difundir o tema dentro da sociedade”, disse Cláudio Abreu.

Ainda conforme a vereador, ao implantar tais ações a Câmara de Varginha faz história como a primeira Casa Legislativa a ter educação ambiental focada no respeito aos animais.

 

 

 

 

CÂMARA PROMOVE AUDIÊNCIA PÚBLICA PARA DISCUTIR COLETA SELETIVA E DE LIXO ORGÂNICO EM VARGINHA

Na próxima quinta-feira (21), às 18h30, no Plenário da Câmara Municipal de Varginha a população poderá debater sobre as mudanças da coleta de lixo orgânico e coleta seletiva realizadas no Município. A discussão será durante audiência pública solicitada pelo vereador Zacarias Piva e aprovada por todos os vereadores.

Segundo Piva, as alterações ocorridas na coleta do lixo há alguns meses e a ampliação do serviço para todos os bairros da cidade tem se mostrado ineficiente e gerado problemas para moradores e comerciantes. “Não há dúvidas que a coleta seletiva é um marco positivo para a cidade, principalmente na esfera ambiental, pois reciclar é o caminho mais eficaz para reduzir os níveis de poluição, porém há alguns aspectos que precisam ser discutidos e alinhados para sanar alguns problemas que vêm ocorrendo”, justificou.

O vereador ainda informou que ao percorrer alguns bairros nos dias programados para as coletas, pode confirmar uma série de problemas apontados pela população e que vem causando o acúmulo de lixo nas calçadas. “Acredito que a realização de uma audiência pública, com a participação dos vários setores da sociedade, contribuirá para a conscientização da população sobre a importância da colaboração de todos, além de buscar meios para alinhar todos os pontos necessários para melhorar a prestação dos serviços públicos em nossa cidade”, enfatizou.

Todos os interessados em participar devem comparecer na sede da Câmara. A audiência também será transmitida ao vivo pelo Facebook e pelo canal da Câmara de Varginha no Youtube.

VEREADOR PASTOR FAUSTO SOLICITA MELHORIAS NA VILA MORAES

O vereador Pastor Fausto apresentou uma indicação pedindo que a Prefeitura realize melhorias na rede coletora de águas pluviais na Rua Francisco Gonçalves de Moraes, localizada no bairro Vila Moraes.

De acordo com o vereador, muitos moradores o procuraram reivindicando melhorias no local que há anos sofre com as inundações em períodos chuvosos. “O ribeirão que passa pelo bairro não tem capacidade de escoar grandes volumes de água, resultando em inundações que atingem as casas que ficam na parte mais baixa da rua. Nas últimas semanas, com as chuvas intensas que ocorreram nas madrugadas, muitos moradores ficaram apreensivos e fazendo vigília para monitorar o volume de água no ribeirão”, explicou.

Pastor Fausto reforçou seu pedido solicitando que uma equipe da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos compareça ao local para analisar a situação e implantar as medidas necessárias para melhorar a captação e o escoamento de água, garantindo assim, a segurança da população. 

 

 

Siga-nos no Twitter!!

Precisando de orientações?

Nossa equipe está disponível de segunda à sexta,
as 8h às 18h para auxiliá-lo(a).

- Pça. Governador Benedito Valadares, Centro
  37002-020, Varginha - MG

- 35 3219 4757

 

Perguntas Frequentes

JoomShaper