VEREADOR DR. GUEDES COBRA DA CEMIG SOLUÇÕES PARA PROBLEMAS NA ZONA RURAL

Por meio de um requerimento encaminhado à Companhia Energética de Minas Gerais – Cemig, o vereador Dr. Fernando Guedes solicitou informações e providências em relação aos rompimentos, picos de energia e manutenções necessárias em diversos pontos na zona rural de Varginha.

O vereador quer que a empresa explique quais são os motivos das interrupções no fornecimento de energia na zona rural e em quanto tempo as ocorrências são solucionadas. Ele questionou ainda, o motivo dos consumidores dessas áreas não serem comunicados sobre o rompimento da rede elétrica.

“Há aproximadamente quatro anos, os moradores e produtores rurais de Varginha e também das cidades vizinhas convivem com esses problemas no fornecimento de energia. Muitas dessas pessoas já me relataram que chegaram a ficar por horas ou até mesmo mais de um dia sem energia e isso gera um enorme prejuízo, colocando a perder tudo que é produzido e que depende da energia para ser conservado. Precisamos saber com urgência quais medidas e providências a Cemig irá tomar para melhorar os serviços prestados às comunidades rurais”, finalizou Dr. Guedes. 

 

 

VEREADOR CLÁUDIO ABREU SUGERE CRIAÇÃO DO SERVIÇO MUNICIPAL DE VETERINÁRIA

O vereador Cláudio Abreu apresentou uma indicação na Câmara de Varginha, sugerindo à Administração, a criação de um Serviço Municipal de Veterinária com o objetivo de atender os animais de pessoas que não possuem condições de arcar com consultas e alguns tratamentos.

De acordo com o vereador, os serviços poderiam ser disponibilizados à população a partir da implantação de uma Clínica Veterinária Municipal ou com a realização de convênios com os veterinários do município e com o curso de Medicina Veterinária do Grupo Unis.

“A intenção é ajudar muitas famílias, que por não terem recursos financeiros para custear os tratamentos necessários para a saúde de seus animais, acabam tendo que deixá-los sofrendo. Acredito que essa iniciativa também contribuirá para evitar o abandono de animais doentes, feridos e sentindo dores pelas ruas da cidade”, explicou.

Para que os animais possam ser atendidos pelo serviço, Cláudio esclarece que os tutores dos animais deverão comprovar renda familiar igual ou inferior a dois salários mínimos e tenham domicílio no município de Varginha. 

 

CÂMARA DE VARGINHA LANÇA PROJETO QUE APROXIMA O LEGISLATIVO DAS ENTIDADES SOCIAIS

A Câmara Municipal de Varginha mais uma vez inova e lança um projeto que aproxima ainda mais os vereadores da comunidade. Teve início nesta quinta-feira (28) o Câmara Social, idealizado pela atual presidência e que tem como objetivo levar o Legislativo até as entidades sociais, para conhecer de perto a realidade desses trabalhos voluntários que tanto contribuem em várias áreas da assistência social do Município.

A primeira visita do Câmara Social foi no centro social da Associação Nossa Senhora do Rosário, mais conhecido como Recanto da Criança Feliz. No local, o presidente da Câmara, vereador Dudu Ottoni e os vereadores Leonardo Ciacci e Zacarias Piva foram recebidos por crianças e adultos que participavam das atividades promovidas nesta manhã. “Essa primeira edição do Câmara Social ultrapassou nossas expectativas. É muito importante o vereador sair do gabinete e ter esse encontro com a realidade das regiões da nossa cidade. Hoje, com o contato com o pessoal aqui do Recanto já conhecemos várias demandas que a comunidade aqui precisa e vamos levar para as autoridades competentes para tentar resolver. Essa visita foi muito produtiva e esperamos que as próximas sejam tão recompensadoras como foi hoje”, disse o presidente Dudu Ottoni.

A coordenadora do projeto, Odília ficou muito satisfeita com a visita dos três vereadores. “Sentimos valorizados por sermos os primeiros a receber o Câmara Social. Temos esse trabalho aqui que atende a cerca de 300 pessoas e sempre precisamos de apoio, pois sobrevivemos de doações e de trabalho voluntário. Estamos localizados em uma comunidade carente, que falta muita coisa e receber representantes do poder público aqui demonstra que eles estão preocupados com a gente. Espero que sejamos atendidos nos pedidos que fizemos”, disse uma das fundadoras da Associação.

Para o vereador Leonardo Ciacci, a iniciativa só reforça o que a Câmara de Varginha tem trabalhado há bastante tempo, que é se aproximar cada vez mais dos cidadãos. “Somos uma Câmara próxima da população e além de investirmos em transparência, para que os cidadãos acompanhem nossos trabalhos, ainda promovemos ações para ir até o povo. Parabenizamos a atual Mesa Diretora pela criação de mais um projeto, que é o Câmara Social, que reforça essa vocação dos vereadores de Varginha de estarem sempre presentes e atentos aos anseios do nosso povo”, disse Ciacci.

O vereador Zacarias Piva também parabenizou a atual gestão da Câmara pela criação do Câmara Social. “O papel do vereador é esse. Somos os representantes da população e nada mais correto do que sairmos da Câmara e termos esse contato direto com o povo e com seus anseios. O presidente e os demais ocupantes da Mesa estão de parabéns pela implantação de mais esse projeto, que vem somar ao Câmara nas Empresas e Câmara nas Escolas e fortalecer ainda mais a nossa relação com a comunidade”, concluiu Zacarias.

ASSOCIAÇÃO NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO

A Associação Nossa Senhora do Rosário, da qual o Recanto da Criança Feliz faz parte, atende a mais de 1040 famílias na região do Jardim Áurea e dos demais bairros que fazem parte da paróquia da Igreja do Rosário. São oferecidos atendimento odontológico, atividades físicas, reforço escolar, oficina de leitura, oficina de artesanato, doação de brinquedos, consultas oftalmológicas, doação de enxovais, doação de cestas básicas, doação de cestas verdes, doação de fraldas descartáveis e inúmeras ações que ajudam a promover a qualidade de vida das pessoas que precisam dessa assistência.

 

VEREADORES VISITAM INTER ADUANEIRA EM PROJETO CÂMARA NAS EMPRESAS

O projeto Câmara nas Empresas está de volta e a primeira edição de 2019 foi realizada em uma empresa que está há mais de 20 anos gerando emprego e renda em Varginha. Na manhã desta terça-feira (26), o presidente do Legislativo, vereador Dudu Ottoni e os vereadores Buiú do Ônibus, Leonardo Ciacci e Zacarias Piva visitaram a Inter Aduaneira, que fica no bairro Jardim Ribeiro e atua na área de comércio exterior.

Os vereadores foram recebidos pelo coordenador comercial Haroldo Melo e pela secretária executiva, Patrícia Carvalho. No encontro foram abordadas todas as ações desenvolvidas pelo grupo Inter Aduaneira, que conta com uma unidade em Varginha, outras oito no Brasil e uma em Miami. “Na unidade de Varginha temos cerca de 120 funcionários. Eles atuam no atendimento às empresas em suas operações de importação e exportação, fazendo a assessoria em comércio exterior, desde o início até o desembaraço final do produto. Nós trabalhamos para que nossos clientes realizem suas operações com o exterior com o máximo de ganho em logística, tributário e fiscal”, explicou Haroldo.

Após a apresentação sobre as atividades desempenhadas na Inter Aduaneira os vereadores conheceram as instalações da empresa e os funcionários de cada setor. “É um orgulho muito grande pra gente poder contar com uma empresa do porte da Inter Aduaneira em Varginha. Além de gerar emprego e renda em nosso Município, leva o nome de nossa cidade para outras cidades do país e até pra fora do Brasil. Esse projeto Câmara nas Empresas terá continuidade em 2019 exatamente para isso, para que nós vereadores possamos continuar conhecendo e valorizando as empresas que tanto contribuem para o progresso de Varginha e para que possamos, tendo esse contato de perto com a realidade, colaborar de alguma forma para fortalecer ainda mais essas iniciativas”, disse o presidente da Câmara, Dudu Ottoni.

 

VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER É TEMA DE AUDIÊNCIA PÚBLICA NA CÂMARA DE VARGINHA

Em um país em que a cada minuto nove mulheres são vítimas de agressão física (Fonte: Datafolha), é mais do que necessário promover um debate sério e propositivo sobre o tema. Pensando nisso e oportunamente no mês em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, a única mulher vereadora da Câmara Municipal de Varginha, Zilda Silva, propôs a realização de uma Audiência Pública, aprovada pelos demais vereadores, que abordará o tema: Violência Contra a Mulher.

A audiência será na próxima quinta-feira (28), às 18h30, no Plenário da Câmara de Varginha e foram convidadas para participar autoridades no assunto, como a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Varginha, Thaís Mendes Pereira; do presidente da Comissão de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher da OAB de Varginha, Dr. Oilson Hoffman; da juíza da Vara Criminal, da Infância e Juventude e Violência Contra Mulheres da Comarca de Varginha, Maraísa Maciel Costa, da Delegada da Mulher, Dra Geny Azevedo, além de outras representantes da OAB, como a conselheira seccional da OAB-MG, Izabel Braga e a diretora secretária da OAB/Varginha, Ana Carolina Petit.

De acordo com a vereadora Zilda Silva, esse debate é necessário, principalmente para buscar soluções. “Precisamos promover todas as ações possíveis para conscientizar sobre a violência contra as mulheres, que é entendida, não como um problema, mas como um fenômeno estrutural, de responsabilidade da sociedade como um todo. Por isso a importância desta audiência e a necessidade de que a população se faça presente”, disse a vereadora.

Qualquer pessoa interessada pode participar, basta comparecer na Câmara de Varginha no horário e data agendados.

 

ESCOLA DO LEGISLATIVO DA CÂMARA DE VARGINHA RECEBE SERVIDORES E VEREADORES DO SUL DE MINAS EM PALESTRA SOBRE E-SOCIAL

O e-Social, que é o Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas está sendo implantando em órgãos públicos desde janeiro deste ano. Como é um sistema complexo, que reúne muitas informações dos trabalhadores, a Escola do Legislativo da Câmara Municipal de Varginha decidiu iniciar seu calendário de palestras do ano de 2019 ofertando uma palestra gratuita sobre o tema.

Na terça-feira (19) contadores, servidores públicos de Câmaras e Prefeituras da região, além de estudantes e vereadores participaram da palestra “e-Social no Setor Público” ministrada pelo professor Jorge Francisco Rodrigues. Várias dúvidas foram abordas e respondidas pelo professor. “Esse é um assunto complexo, mas não é um bicho de sete cabeças. A maioria das empresas de grande porte já conseguiu implantar o e-Social e nós do setor público não seremos diferentes. Palestras como essa, promovidas pela Escola do Legislativo, são de extrema importância para isso, para que possamos trocar nossas experiências, tirar dúvidas”, disse o palestrante.

O presidente da Câmara de Varginha, vereador Dudu Ottoni, agradeceu ao palestrante que se dispôs a falar sobre o assunto voluntariamente e também aos presentes. “Ficamos muito satisfeitos por receber pessoas de cidades vizinhas, como Areado, Guapé, Ijaci, Olímpio Noronha e Carmo do Rio Claro para participarem desta palestra, além dos profissionais e estudantes de Varginha. Acreditamos que dessa forma, a Escola do Legislativo da Câmara de Varginha está contribuindo para que outras Câmaras também passem por essa implantação do e-Social com mais informação. Estaremos de portas abertas para recebê-los em nova oportunidade”, disse Dudu.

A próxima palestra da Escola do Legislativo da Câmara de Varginha, direcionada a servidores públicos e agentes políticos, será no dia 24 de abril. O tema ainda está sendo definido e mais informações serão repassadas posteriormente.

 

VEREADOR DELEGADO CELSO ÁVILA QUESTIONA FALTA DE REPASSE DE RECURSOS PARA FUVAE

O vereador Delegado Celso Ávila apresentou um requerimento na Câmara de Varginha, destinado ao prefeito, ao governador do Estado de Minas Gerais e à secretária nacional de Assistência Social, pedindo informações sobre a destinação de recursos financeiros, de professores e demais servidores para atuarem na Fundação Varginhense de Assistência aos Excepcionais – Fuvae/Apae.

No requerimento apresentado na semana passada, o vereador falou das dificuldades que a instituição vem enfrentando devido à falta de profissionais e de recursos importantes para a manutenção dos serviços prestados à comunidade e cobrou respostas urgentes da Administração.

“A Fuvae tornou-se referência em nossa cidade e também na região pelo excelente trabalho que realiza, porém, a situação tem ficado mais difícil a cada ano. Hoje, com 419 pessoas matriculadas e com muitas outras que continuam aguardando na lista de espera, é impossível que a instituição consiga atender a toda a demanda sem o apoio da prefeitura e dos repasses de que tem direito. Por isso, peço que respondam a esses questionamentos e nos informem o que pode ser feito para que os problemas não voltem a acontecer”, justificou Delegado Celso. 

Siga-nos no Twitter!!

Precisando de orientações?

Nossa equipe está disponível de segunda à sexta,
as 8h às 18h para auxiliá-lo(a).

- Pça. Governador Benedito Valadares, Centro
  37002-020, Varginha - MG

- 35 3219 4757

 

Perguntas Frequentes

JoomShaper