Durante encontro, diretor agradece vereadores pela destinação de mais de R$ 1,2 milhão em emendas impositivas para a instituição

O projeto Câmara Social, projeto idealizado e iniciado o ano passado pela Câmara Municipal de Varginha, retornou com suas visitas na tarde de ontem (10). Neste ano, o projeto terá uma característica diferente, onde os vereadores visitarão as instituições públicas de saúde para poderem obter informações mais precisas sobre essa área tão importante para a população.

A primeira visita, feita ontem, foi realizada no Hospital Regional do Sul de Minas. A presidente da Câmara, vereadora Zilda Silva, acompanhada dos vereadores Buiú do Ônibus, Delegado Celso Ávila, Dudu Ottoni e Leonardo Ciacci, foram recebidos pelo diretor geral do hospital, Luiz Fernando Negreiros Bandeira. “É uma honra poder receber os vereadores, que desde que cheguei aqui têm se mostrado parceiros do hospital e sempre empenhados em nos ajudar. Nossa diretoria e conselho administrativo prezam pela transparência nas ações e poder mostrar para vocês o que tem sido feito e o que ainda é preciso fazer para continuar atendendo à população reforça esse nosso compromisso”, disse o diretor.

Durante a visita foi abordada a questão da dívida do hospital, o déficit mensal que o Hospital Regional tem e que já foi reduzido de R$ 1 milhão para R$ 300 mil por mês e outras questões financeiras, como a defasagem da tabela do SUS, que não é reajustada há 15 anos, prejudicando a contratação e a continuação de serviços médicos e outros assuntos. “A decisão por realizar o Câmara Social na área da saúde é conhecer a realidade das instituições profundamente, porque os maiores questionamentos que recebemos dos munícipes é em relação a esta área, seja sobre a falta de vagas, de medicamentos, de exames e precisamos saber a fundo o que está acontecendo para poder ter subsídio para responder. Essa visita de hoje nos deu um panorama muito amplo sobre o Hospital Regional e atendeu nosso objetivo pretendido com a realização do Câmara Social na área da saúde”, disse a presidente da Câmara, Zilda Silva.

Após as explicações do diretor, a comitiva da Câmara visitou algumas dependências do hospital, como o CTI e a UTI Neo Natal. “Percebemos que, apesar das dificuldades, o Hospital Regional tem sido bem gerenciado e contado com vários apoios, inclusive da Câmara de Varginha, para minimizar a crise financeira e continuar atendendo à população com qualidade. A diretoria está de parabéns pelo trabalho que vem desempenhando na instituição e reforçamos que o Legislativo continuará parceiro no que for preciso nas ações que forem para melhoria da saúde do nosso Município”, disse Zilda.

MAIS DE 1,2 MILHÃO EM EMENDAS IMPOSITIVAS

Em 2018 e 2019 os vereadores fizeram emendas impositivas ao orçamento do Município, onde puderam destinar verba a diversas instituições. No ano passado, as emendas de 2018 foram pagas e neste ano serão pagas as de 2019. O valor pago o ano passado foi de R$ 748 mil, sendo R$ 300 mil por meio do vereador Marquinho da Cooperativa, R$ 300 mil por meio do vereador Buiú do Ônibus e R$ 148 mil por meio do vereador Pastor Fausto. Para este ano serão destinados mais R$ 465.275,00 graças às emendas impositivas feitas ao orçamento do município de autoria dos vereadores Dr. Fernando Guedes (no valor de R$ 340.275,00) e Pastor Fausto (R$ 125 mil).

“O que eu posso fazer é agradecer, porque esses recursos salvaram o hospital e mantiveram ele de portas abertas. Nosso estoque está repleto de materiais, medicamentos, graças às emendas impositivas que foram destinadas para o Hospital Regional. São várias mãos nos ajudando e as de vocês são imprescindíveis para a manutenção deste lugar”, disse o diretor.

 

Siga-nos no Twitter!!

Precisando de orientações?

Nossa equipe está disponível de segunda à sexta,
das 8h às 18h para auxiliá-lo(a).

- Pça. Governador Benedito Valadares, n°11, Centro
  37002-020, Varginha - MG

- 35 3219 4757

 

Perguntas Frequentes

JoomShaper